GUARDAR AS CÉLULAS ESTAMINAIS

Mais possibilidades para a saúde os seus filhos

As células estaminais têm a capacidade de auto-renovação e diferenciação em células de vários tecidos. São vitais para a manutenção da nossa saúde e podem ser obtidas a partir de várias fontes: medula óssea, sangue periférico e sangue do cordão umbilical.

Células Estaminais do Sangue do Cordão Umbilical

O Sangue do Cordão Umbilical é uma fonte de Células Estaminais com características muitos especiais; são muito versáteis, apresentam uma grande plasticidade e podem diferenciar-se em células de diversos tecidos. As Células Estaminais do sangue do cordão umbilical dos bebés são hoje uma alternativa real ao transplante de Medula Óssea. O cordão umbilical é um material biológico facilmente disponível, uma vez que é habitualmente eliminado no momento do parto.

Já foram realizados em todo o mundo inúmeros transplantes com células estaminais provenientes do cordão umbilical, para tratar diversas doenças. Nos últimos anos, têm-se descoberto um grande número de evidências experimentais sobre o uso das Células Estaminais na medicina regenerativa.

Evolução dos transplantes realizados com o Sangue do Cordão Umbilical em crianças

Fonte: NMDP www.marrow.org

Evolução dos transplantes realizados com Sangue Cordão Umbilical em adultos

Fonte: NMDP www.marrow.org

Células Estaminais Mesenquimatosas do Tecido do Cordão Umbilical

O  tecido do cordão umbilical contém um tipo particular de células estaminais únicas, cuja utilização está a ser estudada devido à sua capacidade de ajudar a reparar e curar o corpo de maneiras diferentes daquelas possibilitadas pelas células estaminais do sangue do cordão umbilical. Têm um grande potencial para serem usadas na medicina regenerativa e atualmente estão a ser estudadas em mais de 165 ensaios clínicos para o tratamento das doenças do coração, danos cerebrais, doenças degenerativas entre outras.  www.clinicaltrials.org 

Solicitar informação